2016
-
Sul
Serviço Especializado de Geriatria e Gerontologia vinculado à Atenção Primária à Saúde.

TÍTULO COMPLETO: Serviço Especializado de Geriatria e Gerontologia vinculado à Atenção Primária à Saúde.

INTRODUÇÃO

O município de São José dos Pinhais, segundo estimativa do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatísticas (IBGE) tinha em 2014 uma população total de 292.934 habitantes e, portanto, mais de 29 mil pessoas com idade igual ou superior a 60 anos. Até o início das atividades do serviço de Geriatria e Gerontologia, não havia uma referência para a especialidade dentro do próprio município e nem mesmo um convênio com qualquer município vizinho para onde fossem direcionados os pacientes. O idoso acabava referenciado para diferentes especialidades, conforme necessidades pontuais, sem lhe ser proporcionada uma atenção integral.

OBJETIVOS

A criação do Serviço de Geriatria e Gerontologia teve como objetivo realizar os atendimentos de demanda da especialidade no próprio município através de consultas ambulatoriais e domiciliares, com a elaboração de contra referência detalhada do atendimento e de um plano de cuidados para o seguimento do paciente na Atenção Primária. Dessa forma, instrumentalizam-se os profissionais da Atenção Primária para o cuidado do idoso e permite-se manter a agenda da especialidade com quantidade mínima de retornos, para a inclusão de novos pacientes. Além disso, são desenvolvidas atividades de educação permanente em relação à saúde da pessoa idosa para os profissionais da Atenção Primária (agentes comunitários, auxiliares e técnicos de enfermagem, enfermeiros e médicos), qualificando ainda mais o atendimento prestado aos usuários do sistema.

ATIVIDADES 

Dois profissionais da Atenção Primária, ambos com formação específica na área de saúde do idoso, angustiados com o pequeno impacto de suas ações locais e cientes da necessidade de um serviço especializado para o município, iniciaram negociação junto à Secretaria Municipal de Saúde que mostrou disposição para implantação do projeto. Foi disponibilizado espaço físico de dois consultórios no Centro de Especialidades Médicas que serviu inicialmente para a elaboração e coordenação de estratégias de trabalho e que hoje servem para realização dos atendimentos individuais.

O plano de ação do Serviço de Geriatria e Gerontologia foi estruturado com base na realização de consultas ambulatoriais e domiciliares, nas atividades de educação permanente dos profissionais da Atenção Primária à Saúde, na participação do serviço em reuniões dos coordenadores de unidades e nas reuniões de equipes de Saúde da Família. Foi adotado o Protocolo de Identificação do Idoso Vulnerável (VES-13) como instrumento de estratificação da saúde do idoso e definido o fluxo de encaminhamentos baseado nos resultados do tal protocolo. Idosos estratificados como frágeis são encaminhados diretamente para o serviço. Idosos em risco de fragilização ou robustos são encaminhados se apresentarem critérios clínicos definidos pela equipe do serviço (polipatologias, polifarmácia, imobilidade, incontinência urinária ou fecal, instabilidade postural e quedas frequentes, incapacidade cognitiva, idosos com história de internações frequentes, idosos dependentes nas atividades básicas de vida diária, insuficiência familiar).

Após a definição do plano de ação, o serviço foi apresentado para os profissionais da Atenção Primária do município (coordenadores das unidades de saúde, agentes comunitários de saúde, enfermeiros, médicos), com a capacitação dos profissionais para aplicação do Protocolo de Identificação do Idoso Vulnerável (VES-13), apresentação do fluxograma de encaminhamento, os critérios clínicos para encaminhamento, a proposta de educação permanente através de reuniões mensais e da inserção do serviço de Geriatria e Gerontologia nas unidades de saúde através das reuniões de equipe. Além disso, foi estabelecida uma parceria com o Centro de Referência Especializado de Assistência Social (CREAS) do município, para integrar as ações referentes a casos de violência contra os idosos recebidos tanto pelo Serviço Social, como pelo Serviço de Geriatria e Gerontologia.

EQUIPE

Todo processo contou com a participação ativa de dois profissionais: um médico e uma enfermeira, ambos funcionários da prefeitura do município, vinculados à Secretaria Municipal de Saúde.

EQUIPAMENTOS E RECURSOS

Utiliza-se um consultório equipado com uma mesa redonda, cadeiras, armários e maca, 01 computador com acesso ao prontuário eletrônico e internet, uma impressora, 01 telefone, balança para aferição de peso e altura, fita métrica, otoscópio, estetoscópio, esfigmomanômetro, cronômetro e demais materiais de escritório (canetas, lápis, borracha, folhas para impressão) e impressos (folders explicativos, orientações). Para as atividades de educação permanente são utilizados datashow, notebook e impressos. Para realização de visitas domiciliares, é utilizado um carro concedido pela Secretaria Municipal de Saúde ou Secretaria Municipal de Assistência Social, quando necessário.

O médico e a enfermeira que executam as ações são ambos funcionários da prefeitura do município, e todos os recursos materiais  provenientes da Secretaria Municipal de Saúde.

RESULTADOS

Com apenas três meses de funcionamento, foi possível quantificar um aumento de 176% de encaminhamentos da primeira para segunda metade do período de funcionamento do serviço. Observamos, gradativamente, uma melhora na qualidade dos encaminhamentos realizados pelos profissionais de saúde, com a introdução de termos e resultados de avaliações objetivas para os quais foram apresentados durante os momentos de educação permanente.

Ficha técnica


Município: 
SÃO JOSÉ DOS PINHAIS

Instituição Responsável: 
SECRETARIA MUNICIPAL DE SÃO JOSÉ DOS PINHAIS


Coordenador da experiência: 
Serviço de Geriatria e Gerontologia de São José dos Pinhais

Email da coordenação: 

Telefone institucional: 
(041) 33831148



Categoria da experiência: 
Organização da atenção à saúde da pessoa idosa na Rede de Atenção à Saúde (implementação de linha de cuidado, regulação, fluxos, etc.)

Coordenação de Saúde da Pessoa Idosa/DAPES/SAS/MS
Telefone: (61) 3315-6226
idoso@saude.gov.br