2016
-
Norte
Grupo de trabalho voltado ao combate e prevenção à violência vivenciada por idosos indígenas

Em cada orientação e/ou intervenção realizada pelo GT, os idosos percebem que são detentores de direitos, que a negligência e o abandono são fatores determinantes e potenciais no processo de adoecimento, portanto, as violências físicas, psíquicas e sociais não podem ser entendidas como algo normal, por muitas vezes sentirem-se impotentes e fragilizados diante do sofrimento, acabam por ‘calar’ frente ao descaso e violência sofrida. O GT prima pelo suporte de saúde e proteção social. A qualificação e empoderando dos AIS’s diante do atendimento ao idoso é uma das repostas positivas, fazendo que o amparo seja realizado de forma mais rápida e efetiva, pois percebem que a violência e o abandono podem desencadear um processo de adoecimento irreversível. O trabalho é árduo e os resultados devem ser percebidos quando quantificados a médio e longo prazo, mas aos profissionais que estão à frente de cada caso, sabemos o valor do trabalho qualificado e integrado proposto pelo GT, que tem sido tomado de engajamento e satisfação quando um idoso torna-se detentor da informação dos seus direitos e melhora gradativa pelos cuidados ofertados pela instituição família, de saúde e social. Seguimos com a certeza que a muito a ser feito, mas que o cuidado integral será ofertado com a certeza da garantia de direitos e equidade, prezando pelos respeitos aos valores culturais e suas especificidades.

Ficha técnica


Município: 
TABATINGA

Instituição Responsável: 
DSEI/ARS/AM

Parceiros: 
FUNAI/CONDISI/CREAS/CRAS/Conselho Tutelar

Coordenador da experiência: 
Viviane Lima Verçosa

Email da coordenação: 

Telefone institucional: 
(97) 99183-3258

Beneficiados: 
Idosos indígenas das Aldeias Indígenas Umariaçú I, Umariaçú II e Belém do Solimões/AM


Categoria da experiência: 
Prevenção de doenças e agravos em pessoas idosas (quedas, violência, suicídio, doenças crônicas não transmissíveis, uso abusivo de álcool, tabaco e outras drogas; acidentes de trânsito, saúde sexual e prevenção à ISTs/HIV-Aids e hepatites virais, etc.)

Coordenação de Saúde da Pessoa Idosa/DAPES/SAS/MS
Telefone: (61) 3315-6226
idoso@saude.gov.br