2013
-
Nordeste
Quem conta um conto...
Tenda do Conto: Um Espaço de Vivência, História e Escuta da Secretaria Municipal de Campo de Brito de Sergipe - Estratégia de Saúde da Família

A Tenda do Conto teve inicio mediante a percepção da Estratégia de Saúde da Família da necessidade de ampliar as ações voltadas para a saúde da pessoa idosa. Está alicercada no princípio de humanização, e constitui uma estratégia de otimização do momento de acolhimento e estabelecimento de vínculos com a comunidade. A Tenda foi escolhida pela equipe da ESF da Gameleira em Campo do Brito–SE, através de Maria Betânia Bulhões, como dispositivo para acolher os usuários do Grupo do HIPERDIA e pessoas idosas,  introduzindo uma nova prática de saúde que se diferencia pela sensibilidade de seus atores em protagonizar a inovação da promoção da saúde, além de oferecer um espaço de valorização do outro.

A iniciativa de  atividades conjuntas acontece mensalmente na USF da Gameleira (pioneira em Campo do Brito) e nas outras 5 (cinco) USF do município, uma vez por mês, no grupo do HIPERDIA . Os agentes de saúde convidam, previamente, sempre orientando que os convidados devem levar algo que represente algum fato ou história vivida. Ao som de zabumba, de cirandas da vida, começa-se a arrumar a tenda. Uma mesa exibe fotografias antigas, castiçal, filtro de barro, flores, caixas de madeira, ferramentas de trabalho dos usuários; uma colcha de fuxico confeccionada pela Educadora Popular, dentre outros para decorarem a mesa. As cadeiras são postas em roda, mas uma delas, à frente da mesa, a cadeira de balanço, é coberta por uma manta que aquecerá os contadores de histórias daquele dia. São oferecidos alimentos naturais e saudáveis, como suco de capim santo com limão, suco de couve com cenoura e limão, pão com creme de couve e cenoura, e outros. Todos os objetos levados pelos usuários e equipes são transformados em poesias, contos e histórias de vida. Ao final, é feita a avaliação do encontro e sugestões para o próximo.

A Tenda é, assim, um espaço de produção de sentidos, de respeito à escuta, não estigmatizando o sujeito por causa de uma patologia. Através da valorização do outro, o olhar se volta para a comunidade como rica fonte de conhecimento popular, além de constituir um momento de construção de confiança e de vínculo permanente entre membros e comunidade.

Ficha técnica


Município: 
Campo de Brito, SE

Instituição Responsável: 
Secretaria Municipal de Saúde de Campo de Brito


Coordenador da experiência: 
Fernanda Carneiro Melo

Email da coordenação: 

Telefone institucional: 
(79) 9861-9411

Beneficiados: 
225 pessoas idosas


Categoria da experiência: 
Atividades do setor Saúde indutoras da participação social da pessoa idosa (grupos de convivência; atividades culturais, artísticas, de recreação e lazer; ações intergeracionais; atividades que estimulem a participação na vida comunitária e cidadã; contro

Coordenação de Saúde da Pessoa Idosa/DAPES/SAS/MS
Telefone: (61) 3315-6226
idoso@saude.gov.br