Ano: 
2018
Categoria: 
Promoção da saúde da pessoa idosa (práticas corporais e atividades físicas, alimentação e nutrição, experiências inovadoras de educação em saúde etc.)
Região da Prática: 
Norte
Município: 
BERNARDO SAYÃO
Instituição Responsável: 
SECRETÁRIA MUNICIPAL DE SAÚDE DE BERNARDO SAYÃO-TO
Parceiros: 
SECRETARIA MUNICIPAL DE ASSISTÊNCIA SOCIAL (SCFV)
Coordenação da experiência: 
JONATHAN TAVARES DA SILVA
Telefone institucional: 
(63) 3422-1210
Email da coordenação: 
chinajonathan@gmail.com
O que motivou a realização dessa experiência?: 
Na nossa cidade apresenta um grande número de pessoas idosas que passava a maior parte do tempo ociosos, tambem analizando os dados do ibge do nosso município notamos o quando essa população vem crescendo.
O que se esperava modificar ou realizar através da iniciativa?: 
Minimizar os declínio e efeitos físicos do envelhecimento; Reduzir o uso de medicamento; Propiciar melhora da qualidade de vida; Promover momentos de descontração; Reduzir o risco de aparecimento ou agravamento de doenças cardiovasculares. Aumentar a independência para a realização das Atividades da Vida Diária (AVD’S).
Descreva as metas para o desenvolvimento da experiência (de 1 a 4, no maximo): 
MELHORAR A QUALIDADE DE VIDA
RESGATE DO VÍNCULO SOCIAL
REDUÇÃO DO SEDENTARISMO
GANHO DE INDEPENDÊNCIA FÍSICA
Qual o perfil dos idosos envolvidos nessa experiência?: 
TODOS OS IDOSOS QUE FREQUENTA O SERVIÇO DE CONVIVÊNCIA E FORTALECIMENTO DE VÍNCULOS DE BERNARDO SAYÃO
De que forma a experiência foi divulgada ao público?: 
NAS REUNIÕES DO SCFV
Onde foi desenvolvida?: 
NO MUNICÍPIO DE BERNARDO SAYÃO-TO.
Como os idosos foram selecionados para participar?: 
NÃO TEVE SELEÇÃO
Quantos idosos pretendiam alcançar com essa experiência?: 
50
Quantos idosos participaram da experiência, por ano de atividade?: 
ANUALMENTE CERCA DE 80 IDOSOS
Ao final, ou até o momento, quantos idosos participaram da experiência?: 
120
Qual o principal motivo da saída dos idosos nas atividades da experência? Porque deixaram de participar?: 
TRANSPORTE
Descreva detalhadamente como eram as atividades realizadas: 
SÃO REALIZADAS ATIVIDADES EM 4 MOMENTOS: CAMINHA; MUSCULAÇÃO; ALONGAMNETO e MOMENTO DE DESCONTRAÇÃO E SOCIALIZAÇÃO.
Descreva quais as dificuldades encontradas para realização das atividades.: 
PONTUALIDADE E DIFICULDADE DE COMPLEENÇÃO.
Quais foram os resultados observados depois da implementação?: 
IDOSOS MAIS INTERATIVOS; DIMINUIÇÃO DO CONSUMO DE MEDICAMENTOS; MELHORAS NO CONDICIONAMENTO FÍSICO; REDUÇÃO DE ENCAMINHAMENTO PARA FISIOTERAPIA.
Descreva os resultados observados de acordo com as metas previstas: 
MELHOROU A QUALIDADE DE VIDA
IDOSOS MAIS ALEGRES
PESSOAS MAIS ATIVAS
IDOSOS MAIS INDEPENDENTES
Descreva em forma de indicadores quantitativos (números, proporções, taxas) os resultados alcançados pela experiência.: 
TODOS OS ALUNOS PARTICIPANTES DO PROJETOS 100% TEM ALGUM RELATO DE MELHORA EM SUA VIDA SEJA FÍSICA, SOCIAL OU COGNITIVA.
Existe equipe responsável pelo monitoramento/avaliação da experiência?: 
Sim
Com que frequência se reúne?: 
SEMANALMENTE
Quais os pontos positivos da experiência?: 
PARA O MUNICÍPIO A DIMINUIÇÃO DOS ATENDIMENTO NA UBS E TAMBÉM MINIMIZOU O CONSUMO DE MEDICAMENTOS. JÁ PARA OS IDOSOS A MELHORA NA QUALIDADE DE VIDA LEVANDO EM CONSIDERAÇÃO OS ASPECTOS FÍSICOS, COGNITOS E SOCIAL.
Quais as limitações da experiência?: 
O TRANSPORTE DE ALGUNS IDOSOS E PONTUALIDADE.
2018
-
Norte
"VIVER BEM PARA VIVER MAIS"

TÍTULO COMPLETO: Viver bem para viver mais

INTRODUÇÃO

Na nossa cidade apresenta um grande número de pessoas idosas que passava a maior parte do tempo ociosos, também analisando os dados do IBGE do nosso município notamos o quando essa população vem crescendo.

OBJETIVOS

  • Minimizar os declínio e efeitos físicos do envelhecimento;
  • Reduzir o uso de medicamento;
  • Propiciar melhora da qualidade de vida;
  • Promover momentos de descontração;
  • Reduzir o risco de aparecimento ou agravamento de doenças cardiovasculares;
  • Aumentar a independência para a realização das Atividades da Vida Diária (AVD’S).

METAS

  • Melhorar a qualidade de vida;
  • Resgate do vínculo social;
  • Redução do sedentarismo;
  • Ganho de independência física.

PÚBLICO-ALVO

Todos os idosos que frequentam o serviço de convivência e fortalecimento de vínculos de Bernardo Sayão.

NÚMERO DE PARTICIPANTES

120

DIVULGAÇÃO

Nas reuniões do SCFV.

ATIVIDADES

São realizadas atividades em quatro momentos: caminhada, musculação, alongamento e momento de descontração e socialização.

 

EQUIPE

1 Fisioterapeutas

1 Profissional de educação física

1 Coordenadora do SCFV

EQUIPAMENTOS E RECURSOS FINANCEIROS

  • Academia de musculação;
  • Materiais lúdicos diversos;
  • Não houve gasto financeiro, tudo disponibilizado pelo CRAS.

RESULTADOS

Todos os alunos participantes do projeto relatam melhora na qualidade de vida física, social ou cognitiva.

Ficha técnica

Município:
BERNARDO SAYÃO
Instituição Responsável:
SECRETÁRIA MUNICIPAL DE SAÚDE DE BERNARDO SAYÃO-TO
Coordenação da experiência:
JONATHAN TAVARES DA SILVA
Email da coordenação:
chinajonathan@gmail.com
Telefone institucional:
(63) 3422-1210
Categoria da experiência:
Promoção da saúde da pessoa idosa (práticas corporais e atividades físicas, alimentação e nutrição, experiências inovadoras de educação em saúde etc.)
Parceiros:
SECRETARIA MUNICIPAL DE ASSISTÊNCIA SOCIAL (SCFV)

Coordenação de Saúde da Pessoa Idosa/DAPES/SAS/MS
Telefone: (61) 3315-6226
idoso@saude.gov.br